Novo padrão de Publicidade impede anúncios de ser exibido nos sites sem o arquivo ads.txt

Compartilhe:
Gerador de tráfego grátis!
A alma do negócio é a publicidade. Um site bem publicado na internet pode receber visitas se o administrador do site monetizar seu conteúdo com publicidade dos provedores de anúncios, para manter o serviço que presta. Por que meus anúncios do Google não aparecem mais? A resposta é: ads.txt



O que está acontecendo?

Se você está desligado e se preocupou agora por causa das publicidades do Adsense ou qualquer outro patrocinador de publicidade que tenha desativado as publicidades do seu site, saiba que a razão pode ser muito óbvia. A equipe "iab Tech Lab" lançou no dia 13 de Setembro uma nova medida que visa melhorar a transparência na exibição do conteúdo publicitário a nível mundial (radical?) por meio de um arquivo de texto nomeado de "ads.txt".

O objetivo da proposta é evitar fraudes na exibição de anúncios falsos/fraudulentos, e permitir que os anunciantes (vendedores) exibam conteúdo com conhecimento dos editores.

É obrigatório? E como devo fazer para adaptar meu site?

Isso é mais fácil do que "jogar banco imobiliário" (risos). Como webmaster do site que administra, basta incluir um novo arquivo na raiz do seu site (que seria o diretório principal) com o nome de ads.txt ,


A partir daí,  na página será possível exibir uma lista de vendedores aprovados por redes publicitárias, revendas e empresas que são aprovadas manualmente pelo webmaster (editor) para vender os anúncios em nome do editor final, ou seja, anúncios em seu site.

Criar arquivo ADS.TXT

Ao criar o arquivo, entenda que o funcionamento só é possível após informar três detalhes:

  • Nome do vendedor de anúncio (domínio) sem https ou www;
  • ID da conta do editor (ou seja, o seu número de ID) para exibir as publicidades. Ou seja, no caso do Google é pub-0000000000000000000;
  • E por fim, o 'Tipo de relacionamento', que define se você controla a conta ou anúncios vendidos pelo provedor de anúncios. Neste caso, existe o método "DIRECT" e "RESELLER".

Existe também um quarto item, mas, ele é opcional, que seria o ID de certificação... Que mapeia o código do primeiro elemento do arquivo (Nome do vendedor). No final, o arquivo ads.txt vai conter os seguintes dados:

#nome_do_vendedor, #id_do_editor, #relacionamento

Para o caso do Google Adsense, teríamos:
google.com, pub-0000000000000000, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Ou assim:
google.com, pub-0000000000000000, RESELLER, f08c47fec0942fa0

Agora que adicionou o arquivo no seu diretório do site, apenas espere um prazo de mais ou menos 48 horas até que o vendedor de anúncios possa ler o arquivo ads.txt e exibir novamente os anúncios.

"Ah", o arquivo não é obrigatório para nenhum site (até a data de publicação deste artigo, é claro). Cada vendedor pode impor um regulamento para seus parceiros. Ou seja, se você tem um domínio e não querer adicionar o arquivo, sua receita não será afetada, excerto se seu vendedor de anúncios lhe obrigar à isso! Contate-o para entender o processo.

- "O eco-sistema publicitário agradece". :D

Se tiverem dúvidas, postem uma dúvida no fórum de suporte: https://shift.forumactif.com/

2 comentários:

  1. Interessante Shek. Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. EIIITTAA... Funcionou perfeitamente. Parabéns pelo blog amigo. Vlw!

    ResponderExcluir

Na caixa abaixo você poderá adicionar seu comentário. Lembre-se de que, não será possível atribuir tags especiais, de imagens, links e cores. Somente tags Negrito, itálico são permitidos.

Obrigado por comentar!